Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Décima Terceira Sessão

Publicado em 01/07/2020 às 13:44 - Atualizado em 01/07/2020 às 13:44

Havendo quórum regimental o senhor Presidente Alexandre Serigueli declarou aberta a sessão ordinária. Solicitou a secretária Kéler a leitura da ata última sessão extraordinária anterior que teve aprovação por aclamação unânime. Solicitou que prosseguisse com a leitura dos expedientes: Nota recebida do Presidente do Conselho do DEL, senhor Ildefonso Cividini onde consta a solidariedade do DEL, com as empresas que desistiram recentemente de se instalar no Parque Industrial de Arroio Trinta e solicitam desta Casa Legislativa que adote todas as providências necessárias para a retomada dos investimentos comprometidos, inclusive mediante as modificações legislativas que se fizerem oportunas. Seguindo foi feito leitura do Projeto que estava dando entrada. Projeto de Lei n°017/2020 Autoriza o Poder Executivo Municipal dar baixa no patrimônio e alienar a terceiros mediante licitação os bens que especifica inservíveis para o Município. O mesmo foi encaminhado para as quatro comissões. Lida na sequencia Moção de Apoio n°02/2020 direcionada ao Governador do Estado de Santa Catarina solicitando contratação dos quinhentos soldados que estão na lista aguardando serem chamados para que assim aumente a segurança do povo Catarinense. Seguindo foi à votação o Projeto de lei n°014/2020 Altera redação do art. 13 da lei n°01851/2018 à relatora de obras e serviços públicos Angela Cividini o qual seguiu com votos favoráveis dos membros das quatro comissões e no voto por aclamação foi aprovado por unanimidade.  Na palavra Livre: O vereador Amarildo comentou que a resposta do seu Requerimento foi parcial, aguarda mais informações. Comentou da reunião na última sexta feira que esteve presente juntamente com Prefeito e várias lideranças para definir estratégias mais rigorosas para diminuir o contágio comunitário do COVID 19. Vereador Osmar falou a respeito da resposta do requerimento do vereador Amarildo que já foi respondido, acredita que é assim que deve ser, infelizmente não teve sorte com os seus. Pois ainda não recebeu resposta. Comentou que não seja feita recesso no mês de julho e pediu que todos concordem com ele. Vereadora Sandra respondeu a vereadora Adriane Biava que havia feito perguntas a bancada do MBD na sessão anterior referente as verbas recebidas de deputados estaduais. Comentou sobre quais deputados e valores que foram recebidos. Fez comentário sobre a nota recebida do DEL, pois precisa – se retomar essa caminhada e planejamento do parque industrial, que as pessoas compreendam que não estamos impedindo nada e os vereadores devem agir e dar uma resposta para o povo e resgatar a credibilidade. Convidou todos para fazer um oficio para convocar o Promotor para que ele faça uma audiência pública e nos traga esclarecimentos. Falou sobre o secretário de agricultura e de obras. Acredita que o Bruno tem potencial, conhecimento e está bem preparado. Somente acredita que que as dificuldades que ele está tendo é de que nem todos têm paciência para esperar ser atendido no tempo em que os trabalhos vão sendo realizados. Temos que ter consciência de que os trabalhos com mais urgência serão sempre priorizados e que nem sempre o que pedimos tem que ser feito na hora. Esse é o problema maior que ele está enfrentando. Vereadora Adriane Biava concorda com a presença do Promotor mas leu na íntegra o despacho que o mesmo encaminhou referente aos lotes do parque industrial. Disse que o mesmo está bem claro; que seja mudada a Lei e que seja feito licitação. É bem simples.  Ainda sobre os recursos que a vereadora Sandra comentou, disse que sobre os estaduais irá falar com o deputado Berlanda e dizer que o PL não recebeu. Disse que recursos vindos da deputada Geovani de Sá não foram citados na live do Prefeito e é essa a indignação. Sobre o requerimento que o vereador Amarildo já recebeu resposta e o pedido dela sobre o envio das CDA de todos os inadimplentes, que já passam de trinta dias não foi remetido. Requer que o presidente veja o que está acontecendo.   O vereador Amarildo voltou a falar e leu o boletim atualizado do COVID 19, no Município.  E sendo esses os assuntos para a sessão ordinária, nada mais a tratar agradeceu a todos e em nome de Deus deu por encerrada a sessão que de acordo com a Resolução nº 003/2014 está gravada na íntegra e arquivada.

 Sala das sessões, 22 junho de 2020.